Evangelização da Infância e Juventude

A Evangelização Espírita da Infância e da Juventude

1. Fundamentação

“Qual é, para o Espírito, a utilidade de passar pelo estado de infância?
– Encarnando com o objetivo de se aperfeiçoar, o Espírito, durante esse período, é mais acessível às impressões que recebe e que podem auxiliar o seu adiantamento, para o qual devem contribuir os que estão encarregados de educá-los .

Allan Kardec (O Livro dos Espíritos, questão 383)

“O Centro Espírita, consciente de sua missão, deve envidar todos os esforços, Não só para criação das Escolas de Evangelização Espírita Infanto-Juvenil como para o seu pleno funcionamento, considerando a sua importância em termos da formação moral das novas gerações e da preparação dos frutos obreiros da Casa e do Movimento espíritas…”

FEB (O Que é Evangelização, 1987 p.21)

2. Conceito

A Evangelização Espírita da Infância e da Juventude é uma atividade de estudo e vivência da Doutrina Espírita e do Evangelho de JESUS de forma sistemática, metódica, atendendo e esclarecendo crianças e jovens na faixa etária,  na UMEN, de 0 a 30 anos

“O ensinamento espírita e a moral evangélica são os elementos com os quais trabalhamos em nossas aulas. Esses conhecimentos são levados aos alunos por meio de situações práticas da vida, pois a metodologia empregada pretende que o aluno reflita e tire conclusões próprias dos temas estudados, pois só assim se efetiva a aprendizagem real”

FEB  (O que é Evangelização, 1987 p.38)

3. Objetivos

  • Promover o conhecimento dos ensinos morais do Evangelho de Jesus à luz da Doutrina Espírita para crianças e jovens.
  • Promover a integração do evangelizando : consigo mesmo, com o próximo e com DEUS.
  • Proporcionar ao evangelizando o estudo da lei natural que rege o Universo da “natureza, origem e destino dos Espíritos bem como de suas relações com o mundo corporal”.
  • “Oferecer ao evangelizando a oportunidade de perceber-se como homem integral, crítico, consciente, participativo, herdeiro de si mesmo, cidadão do Universo, agente de transformação de seu meio, rumo a toda perfeição de que é suscetível”.(Currículo para Escolas  de Evangelização Espírita Infanto-juvenil, Cecília Rocha e equipe RJ – FEB 1998 p.13)

4. Finalidades

  • Propiciar meios para que se alcancem os objetivos da Evangelização
  • Divulgar a importância da evangelização das novas gerações.
  • Promover o aperfeiçoamento doutrinário-pedagógico dos Evangelizadores.
  • Ministrar os conhecimentos da Doutrina Espírita, ensejando atividades de vivência desses conhecimentos.
  • Conceder aos jovens oportunidades de desempenhar tarefas compatíveis com as suas possibilidades no Centro Espírita.
  • Conscientizar os jovens de que serão os continuadores nas atividades do Movimento Espírita.
  • Favorecer o intercâmbio do jovem com outras juventudes e sua integração no Movimento Espírita em geral.

 

Mais informações e notícias sobre os grupos: